,

Temer contabiliza “aliados”. Isso não é governo!

A contabilidade do Planalto está em plena atividade e não terá descanso neste fim de semana. As portas do gabinete de Michel Temer, Eliseu Padilha e Moreira Franco estarão abertas no sábado e domingo para recepção calorosa dos deputados federais.

A ordem é ceder tudo que pode para esmagar a segunda denúncia na Câmara.

Uma passo já foi dado. Na relatoria da Comissão de Constituição e Justiça que analisará o pedido de investigação está o deputado federal Bonifácio Andrada, do PSDB mineiro. O PSDB é o tutor do governo corrupto do PMDB. A consequência será o banimento do partido numa possível eleição. Para se ter uma ideia em Minas Gerais o maior nome da sigla tem apenas 1%. Em São Paulo, o prefeito João Doria despenca na preferência de voto. No Rio, o PSDB sequer existe.

Michel Temer tem o dedo podre, como dizem na política. O que ele toca, estraga. A intenção de Temer é entregar o país em frangalhos até 2018 para que as eleições não aconteçam e cada parlamentar ganhe mais dois anos de mandato. Os teste para que isso ocorra estão sendo feitos no Senado e na Câmara.

A desmoralização do STF pelo Congresso Nacional é outro aspecto a ser considerado nesse tabuleiro. É a forma que o Planalto tem para medir como será quando os parlamentares derem o golpe parlamentarista no Brasil.

O arquivamento da primeira denúncia, o arquivamento da segunda que é certo, a liberdade de Lula, Aécio Neves e Dilma Rousseff são constatações de que em breve os atuais envolvidos na Lava jato terão a plenitude em seus mandatos por mais dois anos sem que o povo tenha nenhuma reação.

Políticos temem o povo na rua!

3 Comentários

Leave a Reply
  1. Os TRÊS PODERES da REPÚBLICA, PERDERAM sua LEGITIMIDADE ao se aprofundarem na prática de ILÍCITOS metódicos. Chegou a hora de REAGIRMOS ! O POVO pede aos GENERAIS, que EXIJAM a EXONERAÇÃO do Exmo Sr Gen VILLAS BOAS, por motivo de saúde, haja vista, a afecção orgânica degenerativa que o afeta, INIBIR sua denodada vontade de tomar decisões mais ENÉRGICAS. É imperioso que um GENERAL, tal como, o ilustre Gen MOURÃO, ASSUMA o COMANDO da NAÇÃO BRASILEIRA. São mais de 150 milhões de brasileiros que depositam suas esperanças numa ATITUDE das FORÇAS ARMADAS.

  2. Lidar com bandidos é com Temer mesmo. As denúncias apontam que ele é o chefe de quadrilhas.
    Habilidade para lidar com bandidos para ele é o que não falta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *