,

Teori e Carlos Alberto podem ter sido alvos de queima de arquivo? Qual a sua opinião?

O empresário e tanto um dos executivos da empreiteira UTC, Ricardo Pessoa, teria dado seu depoimento à Justiça quando investigado pela força tarefa da Lava Jato afirmando que o Hotel Emiliano, de propriedade de Carlos Alberto Filgueiras, morto em queda de avião, na tarde desta quinta-feira (19), teria sido um dos locais onde ele utilizou para encontrar com políticos e realizar negociações para pagamento de propinas.

A informação é da Folha, que denunciou o fato através da Coluna “Painel”.

Teori Zavascki estava de férias e era muito amigo de Carlos Alberto Filgueiras com quem gostava de encontrar para fazer viagens.

O acidente acontece em um momento muito complexo da operação Lava Jato. Na próxima semana Teori daria por homologada a delação-bomba que traria à tona nomes importantes da política do cenário nacional e a narrativa de todo esquema que quebrou o país.

Na sua opinião essa tragédia tem a intenção em postergar o andamento da delação com a queima de arquivo de Teori e Carlos Alberto? Ou foi simplesmente uma trágica coincidência?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *