,

Treta interna: “novos petistas” querem a expulsão de filiados condenados

O Partido dos Trabalhadores vive uma enorme treta interna que pode tomar conta de outros partidos políticos. No PT um grupo de novos filiados, segundo informações, busca oxigenar a sigla e limpar as fileiras do partido com a expulsão de todos os membros condenados ou que estejam envolvidos em crimes.

A ideia do grupo conhecido no meio político como “os novos petistas” pode alastrar para outros partidos como o PSDB e o próprio PMDB. De acordo com informações o grupo pede a desfiliação de Lula ou a sua expulsão em razão de sua condenação pelo juiz Sérgio Moro.

Rui Falcão, em 2015, ainda na presidência da sigla, prometeu que “qualquer petista que cometer malfeitos e ilegalidades não continuará nos quadros do partidos“:

“O PT é uma instituição com milhões de filiados e simpatizantes em todo o Brasil. Gente como você, que sempre sonhou e lutou por um país mais justo e solidário. Gente que não convive nem é conivente com ilegalidades e quer, igual a você, o fim da impunidade. Por isso, qualquer petista que cometer malfeitos e ilegalidades não continuará nos quadros do partidos.”

Na sequência, o apresentador do programa partidário achou por bem enfatizar a ideia:

“Você ouviu. Qualquer petista que ao final do processo for julgado culpado será expulso!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *