,

Um eleitor tinha 52 títulos de eleitor

Mais uma comprovação de que as eleições no Brasil são fraudadas. Não bastasse a desconfiança do eleitor sobre as urnas eletrônicas, mais uma notícia caiu feito bomba sobre o processo eleitoral brasileiro.

O TSE – Tribunal Superior Eleitoral – realiza um vasto rastreamento eletrônico através do cruzamento de dados de eleitores brasileiros e o resultado até o momento é preocupante.

De acordo com Giuseppe Janino responsável pelo setor de Tecnologia da Informação do TSE até agora foram constatados mais de 25 mil registros duplicados ou múltiplos. Ou seja, uma verdadeira fraude.

O cadastramento biométrico está possibilitando identificar cada indivíduo e eliminar todas as duplicidades. Se for levar o caso ao pé da letra essas duplicidades e multiplicidade de registros de uma só pessoa é crime.

A fragilidade do sistema eleitoral brasileiro construiu resultados mentirosos ao longo do período de redemocratização.

Uma só pessoa tinha 52 títulos de eleitor e votou no mesmo dia 52 vezes no seu candidato.

“No momento de confrontar as digitais, se percebe que é a mesma pessoa. Muitas vezes, é evidente a intenção de fraude, da falsidade ideológica”, explicou ao jornal o secretário.

A informação é do Antagonista.

Você acredita na possibilidade de eleição ou o Brasil deveria passar por uma intervenção militar?

Um Comentário

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *