,

URGENTE: Temer manda “abrir a fronteira” para entrada de refugiados

O problema não são os refugiados mas ao abandono da União

Roraimenses estão assustados com a iniciativa do Governo Federal. O presidente Michel Temer visitou a região nesta semana, interrompendo seu descanso, para buscar uma solução para a invasão de refugiados venezuelanos que tomam conta do estado.

Temer declarou durante reunião com autoridades em Boa Vista que não irá determinar o fechamento da fronteira com a Venezuela. A declaração provocou indignação nas pessoas que estavam no evento.

“Em 2016, fiz um discurso na ONU e disse que o Brasil jamais se recusaria a receber refugiados. Mas vamos disciplinar, vamos ordenar essa entrada.”

Boa Vista está próxima de um colapso. A cidade já vive o caos. Os serviços públicos estão comprometidos devido a falta de repasses por parte do Governo Federal e a demanda explodiu com a chegada de refugiados. Muitos chegam famintos e doentes.

A governadora de Roraima, Suely Campos, alertou o presidente sobre a possibilidade de uma ação intervencionista do próprio estado na fronteira com a Venezuela.

“Roraima vai entrar em colapso com essa medida do presidente Temer. Nossa capacidade de ofertar serviços públicos está comprometida. Estamos à beira de um colapso. O crime organizado está se aproveitando da vulnerabilidade dos venezuelanos para trazer drogas e armas, e fortalecer seus tentáculos no Brasil e no exterior. Existe a conexão com o crime organizado comandado por venezuelanos, entrando na esfera da segurança nacional””, disse Suely.

Temer ignora os alertas das forças de segurança que combatem o crime organizada na região.

Um Comentário

Leave a Reply
  1. Deveriam ser usados recursos de propinas que o presidente e outros corruptos receberam e ainda estão em suas contas para apoiarem os amigos vizinhos e dar uma assistência legal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *