,

Vão tentar colocar a reputação da Beechcraft na lama mas avião voa por carta

A Polícia Federal já instaurou inquérito para apurar a queda do avião modelo King Air (Rei do Ar) C-90 que transportava o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator da operação Lava Jato, Teori Zavascki. O turbo-hélice caiu no mar de Paraty na tarde desta quinta-feira (19) quando chegava de São Paulo, de onde partiu do aeroporto Campo de Marte.

A morte de Teori às vésperas da homologação da delação da Odebrecht, conhecida como a delação do “fim do mundo”, levanta suspeitas sobre o “acidente”.

O delegado da Polícia Federal Marcio Anselmo, um dos principais investigadores da Operação Lava Jato, utilizou seu perfil no Facebook para pedir uma investigação aprofundada sobre o acidente que resultou na morte do ministro Teori Zavascki.

Em tom de dúvida sobre as causas do acidente, Marcio Anselmo afirma que “esse ‘acidente’ deve ser investigado a fundo. Para ele, a morte de Teori simboliza o “prenuncio do fim de uma era”.

Na imprensa começam as especulações de que chovia muito na hora do acidente. Nenhum avião decola sem antes ter a certeza de que vai pousar, isso é previsto no plano de voo. Além do mais o King Air é uma das poucas aeronaves desse porte que tem equipamentos, radares e consegue pousar em condições adversas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *