,

Venezuela utiliza franco-atiradores contra manifestantes

Em vídeo general ordena matar manifestantes para provocar efeito psicológico

A fim de usar franco-atiradores para matar manifestantes o governo de Nicolás Maduro deu ordem dentro das Forças Armadas Nacionais da Venezuela (FAN), com a ressalva de que eles devem ter preparação psicológica suficiente para disparar sobre civis. “Quando [as pessoas] começar a ver mortos pelas ruas, todo mundo ficará em casa; Forças Armadas vai ter que corrigir isso “, mudou-se seus subordinados um dos líderes regionais da FAN, de acordo com o áudio de uma reunião de oficiais superiores, gravada por um dos assistentes e militar promovido. .

“Este é o começo de uma guerra”, disse um dos generais na reunião

Na reunião de comandantes das zonas operacionais de Defesa Integral (o Zod do estado de Lara, mas as instruções presumivelmente semelhantes foram enviados para outras áreas militares), chefe de operação, o general José Rafael Torrealba Perez tem justificado a participação de pessoal armado na parte traseira das unidades de repressão, a intervenção do exército na repressão aos protestos (ordem pública corresponde constitucionalmente a Polícia Nacional e da Guarda Nacional, que faz parte da FAN) e o uso de franco-atiradores.

Clique no link abaixo para ouvir as palavras do general

http://www.abc.es/internacional/abci-general-venezolano-pueblo-comience-5440687330001-20170519083712_video.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *